DRP | DARK ROOM PRODUCTIONS

16 Mai 18h00
DRP | DARK ROOM PRODUCTIONS

Em meados dos anos 90, Luciano, DK e Gusto desenvolveram uma profunda paixão pelo “freestyle” e por escrever raps. Como os outros membros do B.T 2 (Kwitas, Fresh Nunas e Mollas) também conheciam e gostavam de rap, cantar, escrever, compor e produzir, eles formaram o DRP.

O DRP - Dark Room Productions, refere-se ao estúdio caseiro do DaBrain onde eles criaram as músicas: O quarto estava escuro, com pouca ou nenhuma luz e as cortinas fechadas.

Em 2002, o grupo foi oficialmente formado e administrado pelo DaBrain - o principal produtor e dono do estúdio. Depois de algum tempo, com várias músicas gravadas, o DRP ganhou acesso ao estúdio de N'naite Chissano (Nehazi Productions), onde o grupo orquestrou o seu álbum de estreia que foi lançado em 29 de julho de 2005 pela Nehazi Productions.

O álbum intitulado "Era uma vez" foi produzido por Leeleo, Mollas, DaBrain, Yillah e Kwitas. De 2005 a 2007, grupo realizou concertos em cidades como Beira, Nampula, Manzini e Mbabane (Suazilândia) e Joanesburgo (África do Sul).

O DRP lançou apenas dois vídeos, "Victory - Still Doing It" e "Get Together", mas o sucesso foi suficiente para manter o grupo no topo até 2008, quando pararam para aprofundar seus estudos acadêmicos.

Em 2004, o DRP ganhou o prêmio de “Canção do Ano”, promovido pela 9FM, pela música “So Good, So Right”, produzida pela Mollas.

Desde então, eles sempre permaneceram amigos muito próximos, mas apenas alguns membros continuaram a fazer música juntos, devido ao fato de o resto do grupo estar fora do país.

Em 2017, 13 anos depois, o grupo decidiu reunir-se e trabalhar no seu segundo álbum intitulado "Agora Ou Nunca". 

O DRP já lançou dois singles promocionais, ambos produzidos por Leeleo, nomeadamente "Still Doin 'it - Part II" feat. DJ Tay e “Hoje Não Vais Para Casa” com Nuno Abdul.

O DRP fez várias aparições em vários programas de TV e rádio, e fez sua primeira apresentação pública no "Jameson Connects" no dia 24 de março na Fortaleza. No dia 16 de junho, eles foram os headliners da "Festa da Música" promovida pelo Centro Cultural Franco-Mocambicano.