TEATRO | SONHOS HIBERNADOS

Grupo Ku Hlanganheta

9 Ago 18h00
TEATRO | SONHOS HIBERNADOS

A juventude em Moçambique enfrenta cada vez mais dificuldades na busca de um emprego. Essas dificuldades começam com as fragilidades do próprio sistema de educação público e privado, desde o primário a superior, alimentado por uma crise de valores éticos, humanos e sociais. 

Esta estória retrata o momento em que dois jovens amigos se aventuram na busca de um emprego, após finalizarem a formação profissional. Entre sonhos genuínos e ambições de chegar ao poder, estes dois jovens, mesmo seguindo caminhos diferentes, são confrontados com barreiras que os colocam em situações constrangedoras. Sem saber como agir, essa indecisão de ser ou não ser submisso ao sistema empregador, engole e “hiberna” estes jovens. Em forma de teatro interventivo o público, a um dado momento, será convidado a encontrar soluções práticas de como agir perante este conflito, actuando junto com os actores. Esta metodologia teatral é inspirada no modelo do Teatro do Oprimido e tem o objectivo de criar debate de opiniões e facilitar possíveis mudanças de comportamento e crenças.

Ku Hlanganheta, significa atiçar ou aumentar a combustão em changana, é o nome do grupo de teatro formado em 2015 por Dionísio Bahule. Conta com 25 actores divididos em dois subgrupos: o primeiro composto por actores de 18 a 35 anos e o segundo com actores de 10 a 17 anos. Do seu percurso, o grupo conta com participações em festivais religiosos, com peças adaptadas para a Paixão de Cristo e Natal, assim como do Centro Cultural Americano com a peça "Auschwitz....O pior de Nós" (2015); FITI (2016) do qual resultou uma curta temporada no Teatro Avenida (2016) com a peça IMANI (Adaptada de Mulheres de Cinza, de Mia Couto). Em 2017 explora o teatro comunitário e inicia a sua apresentação na Escola Primária de Boquisso em parceria com a Associação Jovem para Jovem - AJPJ e em 2018 participa do Festival de Cenas Curtas promovido pela Fundação Fernando Leite Couto.

Ficha Técnica:

Encenação: SIDÓNIO Mondlane e Venâncio Calisto

Elenco: ADELIUM Castelo | DILMA Karen | MARIA Pequenino | MÁRIO Riasso

Dramaturgia: Colaborativa do grupo e encenadores